skip to Main Content
Afinal, Como é Participar Da Masterclass LinkedIn Que Eu Ministro?

Afinal, como é participar da Masterclass LinkedIn que eu ministro?

Masterclass é um termo inglês utilizado para definir uma aula com um expert numa determinada área com imenso conteúdo partilhado.  Ao oferecer turmas nesse formato, quis garantir que os participantes pudessem viver uma experiência única e cheia de benefícios, que fosse um dia para ficar gravado na memória e sair da sala ao final do dia com a sensação de que o investimento valeu totalmente  a pena.

Qual sua experiência para dar uma aula desse tipo? 

Em 2014 eu perdi meu emprego e nos seis meses seguintes eu permaneci sem trabalhar. Nenhuma oportunidade surgia. Eu olhava os jornais e os sites de vagas de emprego em busca de uma luz, estava disposta a fazer qualquer outra coisa para voltar a ter um trabalho. Naquela época eu já tinha uma conta no LinkedIn, mas quase não entrava nela. Não via muita graça, nem sabia direito como usar.

Acabei conseguindo um novo emprego depois de fazer um post no Facebook pedindo por indicações de vagas quando decidi perder a vergonha de dizer que estava desempregada. Uma amiga me enviou um link, enviei o currículo, fui chamada para a entrevista e então voltei a trabalhar.

De lá para cá muita coisa mudou no LinkedIn. Realmente, a princípio a plataforma era bem focada em busca de emprego, quase não se via interações e conteúdos publicados. E por não ver tanta utilidade, eu não usava muito a rede naquela época. Aliás, tinha pavor de acessá-la e meu chefe descobrir, pois era realmente sinônimo de estar buscando emprego o fato de estar navegando ali.

Logo que voltei a trabalhar percebi que eu precisava fazer algo diferente. Era preciso me mexer, porque mesmo tendo um emprego de novo eu corria o risco de perde-lo a qualquer momento e não queria passar de novo pelo que havia vivido. Nas primeiras semanas de trabalho, junto com aquele gás típico de quem se recoloca, veio também a vontade de me atualizar, fazer cursos, conhecer pessoas, completar meu perfil no LinkedIn. Isso aconteceu em 2015, então os recursos da rede eram bem menores que os que temos agora. E aos poucos fui fazendo isso.

Em agosto de 2015, um mês depois que atualizei meu perfil no LinkedIn, notei uma novidade. Era possível publicar artigos! Eu sempre gostei de escrever, aliás, de modo geral, gostava de compartilhar minhas ideias, experiências e visão de mundo. Fiz meu primeiro artigo, que foi um grande fiasco em número de visualizações e recebeu apenas 3 curtidas. Mas eu não me importava com isso, eu não escrevia para ver número de visualizações, mas para compartilhar, para me sentir útil.

Persisti e continuei escrevendo artigos, aos poucos as interações aumentaram e logo eu notei que poderia alcançar uma porção de pessoas com meus textos. Eu me sentia animada em continuar. Logo, os números deram um salto. E isso aconteceu quando eu decidi ser menos técnica nos assuntos que escrevia.

Foi com o artigo “O que eu aprendi com minha primeira demissão” que as coisas começaram a mudar. Poucas horas depois de publicá-lo eu percebi que algo diferente havia acontecido, mais de 20 mil pessoas haviam lido meu texto! Os comentários eram muitos, e eu fiquei completamente motivada quando percebi que podia ser útil para outras pessoas. Os feedbacks eram vários, de todos os cantos do país. Continuei escrevendo.

Desde então, publiquei mais de 350 artigos no LinkedIn. E conforme escrevia, coisas boas aconteciam. Eu não apenas conhecia muita gente interessante, como oportunidades de trabalho surgiam. Convites para dar aulas, palestras, fazer parcerias e até me tornar sócia de empresas, tudo porque quem me lia conhecia um pouco mais sobre mim e meu trabalho. Esse é o poder do conteúdo.

Que tipo de resultado você conseguiu com o LinkedIn?

Muitas coisas boas aconteceram depois que passei a cuidar de minha imagem profissional e usar o LinkedIn de forma ativa. Aqui listo algumas dessas coisas:

  • Mais de 150 palestras realizadas: conforme produzi conteúdo na rede compartilhando conhecimento e experiências sobre minha área e também sobre carreira, surgiram convites para levar palestras a eventos e empresas. Muitos desses contatos surgiram de uma abordagem direta no LinkedIn, ou porque alguém que me lia no LinkedIn indicou meu nome. Foi lendo meus conteúdos que também foi possível identificar os temas que eu abordava.
  • Ajudei a lançar uma insurtech: em 2016 conheci um empresário pelo LinkedIn, ele queria que eu atuasse no marketing da nova startup que ele ia lançar. Participei da fase inicial do projeto, muitas vezes trabalhando a distância, outras vezes pessoalmente. Depois acabei saindo do projeto, mas foi muito legal ver o sucesso dele e de como está algo maravilhoso hoje (potencial de se tornar um unicórnio = ou seja, do negócio ter seu valor de mercado estimado em $1 bilhão).
  • Ganhei o Prêmio Digitalks 2017 na categoria conteúdo: fui indicada ao prêmio devido aos artigos que escrevia. A fase final envolvia votação popular. Concorri com mais de mil candidatos. Tive a ajuda de meus leitores do LinkedIn e por conta dos votos deles, eu venci. Veja só o poder do conteúdo e da rede de quando você constrói uma marca profissional, pessoas que não o conhecem tem prazer em ajudá-lo. Agora sou finalista de novo, a fase de votação está novamente aberta e em setembro saberei o resultado.
  • Fiz uma palestra TED Talks: toda a minha trajetória de carreira e a reviravolta que aconteceu, de alguém que um dia estava sem emprego e depois tornou-se uma empreendedora e passou a ser lida por tanta gente, levou a um convite para palestrar na edição do TEDx em Uberaba (em breve terei o vídeo da palestra gravada). Dei aulas em universidades que sempre desejei: ao conhecerem mais de meu trabalho, me convidaram para dar aulas em pós-graduações espalhadas pelo Brasil.
  • Publiquei meu primeiro livro e ele se tornou best seller: conheci o co-autor do meu primeiro livro no LinkedIn. Nos aproximamos, nos tornamos amigos. Então ele me convidou para escrevermos um livro. Eu aceitei, o publicamos em novembro de 2017. Ele tornou-se best-seller. Ou seja, pelo LinkedIn me conectei a alguém que eu não conhecia e que estava a fim de escrever comigo. E por ali também divulguei a obra, gerando vendas, eventos de lançamento e convites para palestras
  • Publiquei meu segundo livro, agora sobre carreira: esse mês lancei meu segundo livro, agora escrito sozinha. Reuni diversos artigos que escrevi no LinkedIn, os revisei, atualizei, contextualizei e somei novos conteúdos. Um evento de lançamento está programado para agosto e a pré-venda está aberta no site. A divulgação basicamente aconteceu no LinkedIn.
  • Fui convidada a repensar o modelo de uma empresa: ano passado me convidaram para repensar o modelo de negócios de uma empresa para a partir dali criar uma nova startup. Durante alguns meses trabalhamos no projeto até lançá-lo ao mercado. Foi um sucesso! São pessoas que eu não teria conhecido sem o LinkedIn. E escrever artigos na plataforma funcionou como uma vitrine sobre mim e minha experiência, levando confiança para ser contratada para o projeto.
  • Trabalhei com marcas que nunca imaginei: ao alcançar um engajamento grande na plataforma e figurar como o segundo maior perfil brasileiro em número de seguidores hoje são mais de 820 mil), por conta dos assuntos que abordo, diversas marcas me convidaram para criar conteúdos especiais para elas que as ajudassem a falar com seu público. Também cobri eventos pessoalmente e dei palestras, e vivi experiências incríveis. Dentre elas, Google, PepsiCo, SAP, Microsoft, Oracle, IT Forum, Spaces, Bayer, Digitalks, RD Summit, Superlógica, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, dentre outros.
  • Atuei em um projeto com o LinkedIn Áustria: em junho de 2018 fui convidada pelo LinkedIn Áustria para um projeto com eles. Fui até lá e logo poderei contar mais sobre isso (por enquanto um contrato me impede, mas é algo incrível!).
  • Eu me tornei sócia de um negócio na área financeira: Fui convidada a ser sócia de um negócio de impacto que será lançado em setembro, logo poderei contar mais.
  • Levei meus cursos para várias cidades do Brasil: conforme compartilhei conteúdo e me mostrei relevante, gerei uma percepção de alguém bacana, disposta a ajudar. E que se alguém fizesse um curso comigo, poderia aprender ainda mais!
  • E muito mais!

Qual a sua formação acadêmica e experiência para dar aulas?

Eu gosto de deixar claro que ao elaborar o formato Masterclass LinkedIn eu não fui uma aventureira. Eu já era uma profissional de marketing e estava dedicada ao assunto marketing de conteúdo. Implantei inbound marketing em sites de empresas, treinei equipes, contratei pessoas, produzi conteúdo, geri uma equipe de conteúdo. Também fundei e ajudei a fundar startups na área de comunicação, marketing, educação e tecnologia.

Minha formação acadêmica começou com  o curso de Letras português/espanhol na Universidade do Sagrado Coração em Bauru. Naquela época eu não imaginava que poderia direcionar os conhecimentos para um dia focar em produção de conteúdo para mídias sociais e LinkedIn. Depois, fiz mestrado na área de Mídia e Tecnologia e agora curso o doutorado na mesma área, com pesquisa focada em conteúdo e employee advocacy (uma estratégia para incentivar que colaboradores de uma empresa sejam embaixadores e influenciados para o negócio, de forma resumida).

Fui gerente de produtos, gerente de marketing e diretora de marketing em empresas. Dou aulas em pós-graduações de universidades como ESPM (disciplinas produção de conteúdo, gestão de carreira, empreendedorismo, entre outras), Faculdade Avantis, Universidade do Sagrado Coração, Universidade de Marília e também já dei aulas no Senac de Bauru, Universidade Federal de São Carlos e Uniceub, em Brasília.

Como falei lá em cima, também publiquei dois livros, um em novembro de 2017 e outro em julho de 2018. O primeiro já é best-seller.

Também sou sócia de um negócio na área financeira focado em mulheres, que será lançado em breve. E em junho de 2018 participei de um projeto com o LinkedIn na Áustria.

Juntei toda minha formação acadêmica com minhas experiências pessoais e profissionais para criar a Masterclass LinkedIn. Os diversos artigos que publiquei me ajudaram a conquistar a chancela de Top Voices, selecionada entre os 15 brasileiros que se destacaram na plataforma. Também ganhei o prêmio Digitalks em content marketing em 2017 e em 2018 sou novamente finalista (saberei o resultado em setembro). Hoje são mais de 830 mil seguidores em meu perfil, configurando o segundo maior da rede.

Em resumo, você não vai aprender achologia, nenhum tipo de sensacionalismo, nada ilícito. Nem investir dinheiro à toa.

Qual o conteúdo abordado na Masterclass?

É uma aula realmente intensiva e avançada. Não há quem saia dela sem aprender um monte de coisas novas. E eu consigo garantir isso por ser uma usuária intensiva há alguns anos, por ministrar diversos treinamentos e também por ter atuado em um projeto com o LinkedIn na Áustria, ficando bem perto das boas práticas e materiais oficiais da plataforma.

Você vai aprender muita coisa, dentre elas:

  • Passo a passo de como criar e configurar uma conta e um perfil no LinkedIn;
  • Boas práticas em relação à fotos, título, resumo, campos do seu perfil incluindo formação acadêmica e experiência profissional;
  • Uso avançado de recursos para endosso e depoimentos;
  • Passo a passo da produção de conteúdo no feed, vídeos e artigos longos, incluindo sugestões de formato, título, descrição, tamanho, imagens, entre outros;
  • Descubra as listas do LinkedIn que destacam profissionais, influenciadores e empresas e como funciona o time editorial;
  • Como descobrir temas de interesse de seu público, estrutura de artigo que mais funciona e outras configurações da plataforma que fazem toda diferença;
  • Ajustes, dimensões de imagens, configurações de conta e privacidade e detalhes que passam despercebidos no dia a dia e o afastam de oportunidades;
  • Macetes para tornar seu perfil cada vez mais destacado e localizável por quem lhe interessa;
  • O básico sobre company pages e anúncios para promover empresas e produtos;
  • Dicas para trabalhar sua marca pessoal e construir perfil com imagem de referência em seu segmento, atrativo e relevante;

Como funciona  a inscrição?

Ao acessar o site para fazer sua inscrição você encontrará todas as informações sobre a aula, data, horário e benefícios incluídos. O pagamento é realizado com toda segurança pela plataforma Sympla e você tem opções de pagamentos diversas, dentre elas, pagamento parcelado no cartão de crédito. Se preferir, pode pagar à vista por transferência com desconto de 10% (que seria a taxa do Sympla). Depois disso, basta aguardar a confirmação do seu pagamento e a chegada de um email confirmando tudo.

Participar de um curso sobre LinkedIn será sinônimo de que quero sair do meu trabalho? Meu chefe vai odiar?

Jamais! LinkedIn é muito mais que busca de empregos, é gestão de sua imagem profissional, networking, geração de negócios e compartilhamento de conteúdo. Muitas empresas, aliás, enviam grupos de funcionários para participar.

E no dia da aula, como vai ser?

No dia do curso basta comparecer ao local e você será muito bem recebido por mim e minha equipe. A sala de aula sempre será muito confortável, porque eu mesma escolho com muito cuidado os espaços que alugo. Além disso, coffee break e sala climatizada. Além de muita gente interessante que participa das aulas, de áreas diferentes e com conhecimentos diversos, é incrível para networking!

Faço questão de destinar um período no início do curso para cada um se apresentar. Nos intervalos programados fazemos uma pausa para um café com guloseimas e logo retornamos à aula. O tempo previsto para o curso é planejado para que você possa interagir e fazer perguntas.

Networking e extensão da aula no grupo exclusivo de Whatsapp

Antes, durante e depois do curso você terá acesso a um grupo de WhatsApp exclusivo para fortalecer relacionamentos com outros participantes, enviar dúvidas e trocas dicas e experiências. Sempre fazemos uma foto da turma toda e geralmente, ao final da aula, temos muitas amizades novas e um clima bem gostoso.

Suporte para dúvidas por email durante 30 dias

Após o curso, você ainda tem suporte de 30 dias gratuito, porque eu sei que conforme você começa a colocar o aprendizado em prática é que novas dúvidas surgem. Eu ajudarei você nisso!

Turmas abertas, como saber?

Para conferir as turmas abertas clique aqui. Se não houve uma turma para sua necessidade no momento, inscreva-se aqui para dizer o que procura e em qual cidade (ou online) e nós o avisaremos assim que abrir.

Depoimentos

Na página inicial do meu site e também nas páginas de inscrição das turmas você pode ler depoimentos de quem já fez a masterclass LinkedIn.

Ficou com alguma dúvida? Eu te ajudo: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top